Livro de Visitas

 
 
 
Este Livro de Visitas foi concebido para que possa deixar a sua mensagem a SS.AA.RR. os Duques de Bragança.

A Casa Real reserva-se o direito de publicação dos conteúdos.
 
 
 

Minha Senhora D.Isabel e meu Senhor D.Duarte de Bragança,

A Juventude Monárquica do Porto, vem por este meio expressar votos das maiores felicidades neste dia em que se assinala o aniversário da Senhora Dona Isabel, Duquesa de Bragança. Que Deus faça descer sobre Vossa Alteza as maiores bênçãos e alegrias, retribuindo desse modo a devoção que dedica ao lado do Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança, em prol do nosso Portugal.

Na disposição de servir humildemente sempre Vossas Altezas Reais, enquanto súbdito,

(Direcção da JMP)

João de Brito e Faro

Mariana Cyrne Pacheco

António Baião Pinto

Juventude Monárquica  do Porto

É com enorme satisfação que deixo minha humilde impressão na bela visita de conhecimento à família Real pelo que ofereço meus mais verdadeiros agradecimentos sob o auxílio de Deus e da irmandade dos Santos, eu que nasci no Brasil e resido na cidade de Santos, as felicidades e a Glória para todos.

Filipe Augusto Jose  Diwan

Venho por meio desta deixar registrado minha admiração e respeito por esta Família Real e a todos os seus antepassados que com muito amor e coragem construíram nosso Portugal. Saudações e Viva S.A.R Dom Duarte.

Danilo  Santos de Freitas

Venho por este meio demonstrar a S.A.R D. Duarte Pio De Bragança o meu sincero e humilde apoio pela restauração da Monarquia em Portugal. Eu sofro como nunca sofri pelo estado em que se encontra a nossa nação, desespero quando uma tão grande elevada percentagem de portugueses vendem a sua identidade e nacionalidade ao dizer que não se importariam de ser espanhóis... Quanta humilhação.. Não consigo exprimir o que sinto pelo nosso país, eu daria a vida por Portugal num ápice! Renegam o sangue e suor dos nossos antepassados que lutaram pela independência... O povo perdeu a sua identidade e orgulho, não sabem quem somos nem de onde viemos e até onde poderemos ir. Podemos ser a maior nação do mundo, se unirmos esforços por uma confederação de países lusófonos sobre a hegemonia portuguesa. A culpa é dos nossos políticos que vendem o país aos estrangeiros e dos media que são controlados pelos partidos que tudo fazem para diminuir o orgulho nacional, pois um povo sem identidade e orgulho tudo permite. Todos os casos de ilegalidades de políticos que vieram ao conhecimento público, em nenhum se fez justiça. Eu choro pelo meu país e a frustração invade-me. Este sentimento de ódio e impotência impede-me de dormir. Espero por melhores dias, espero pela Monarquia e pelo seu reinado onde os valores mais altos se sobrepõem aos mesquinhos interesses pessoais de certas elites.

Viva El Rey!

João Manuel Morgado da Costa Ribeiro

S.A.R., sinto-me honrado em dirigir essas singelas palavras a um dos personagens mais importantes pra História do Brasil que é o Rei de Portugal. E, a proferí-las sinto um certo frio na barriga, pois o Rei ostenta aqui a mesma autoridade e respeito que os períodos de D.João VI e Pedro IV (nosso bravo Pedro I) e outros ungidos que os antecederam e sucederam.

Diante de V. Majestade, fico a refletir na atual conjuntura que Portugal se encontra e, não obstante, até chego a pensar no quão diferente e maravilhoso destino Lusitânia teria se estivesse nas sagradas mãos da Casa Real.

Com fé na causa monárquica,

Um abraço da Terra Brasilis.

Jonas Gomes Santos Jonas

Gostaria de felicitar S.A.R. o Senhor Dom Duarte, duque de Bragança, pelo interessante e inteligentíssimo discurso que proferiu no passado dia 05 de Outubro de 2012 no Palácio da Independência. É de facto uma mensagem de esperança e que apela à união dos portugueses – monárquicos ou não.

Os meus cumprimentos e respeitos a S.A.R. e a toda a excelsa Família Real Portuguesa.

Diogo  de Campos

A S.A.R. O senhor Dom Duarte Pio de Bragança,

Alteza Real,

Gostaria apenas de lhe agradecer as palavras que o vossa alteza proferiu no dia 5 de Outubro de 2012, palavras essas que que nos fazem pensar o quão certo vossa alteza está. Muito obrigado por ser quem é!!

Deus guarde a mui real e sereníssima casa de Bragança!

Joao Paulo Vieira Jeronimo

Sr Duque de Bragança é com muito orgulho que lhe dedico estas palavras, antes de mais desejo-lhe as maiores felicidades a si, á sua família e á Casa Real Portuguesa. Venho por este meio lhe pedir encarecidamente como legitimo descendente da Casa Real e como cidadão empenhado na resolução dos problemas da nossa Pátria e defensor do nosso Povo que intervenha para defender nosso País e nosso Povo das agressões exteriores que estão a degradar dia após dia a nossa identidade e o nosso Portugal.

Portugal precisa de si, Portugal precisa que nos ajude a sobreviver no caos em que se tornou nosso País.

O País precisa da sua liderança e da sua ajuda o Povo suplica com angustia que nos ajude para que a nossa Pátria não perca a sua identidade e para que o sofrimento por qual passamos tenha finalmente um fim. Obrigado S.A.R. Obrigado por tudo o que tem feito por Portugal e pelo povo Português.

Paulo Gonçalves

Deseo enviar un saludo para toda la Familia Real,con mucho carino y devocion!

Renato Filippo Maria Campofreda Ruffo

Venho aqui dar uma palavra de carinho pela casa Real Portuguesa.

Sempre achei que uma monarquia traria bons ventos.Sempre que for útil para tal, nunca hesite chamar o Real Povo Português, pois nós estaremos aqui.

Desejo as melhores felicidades.

Viva ao Rei!! Viva Portugal!

Emanuel Leston

Página no :   <<  1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84  >>
© Casa Real Portuguesa 1998-2015
w3c
Aviso Legal