Livro de Visitas

 
 
 
Este Livro de Visitas foi concebido para que possa deixar a sua mensagem a SS.AA.RR. os Duques de Bragança.

A Casa Real reserva-se o direito de publicação dos conteúdos.
 
 
 

Bem hajam V. Altezas

Portugal precisa de vós.

Miguel DSMC

SS.AA.RR.

Humildemente me coloco hoje, como no passado e certamente no futuro, ao servico de SS.AA.RR. Como em 1 de Dezembro de 1640, em que seis bravos se aperceberam que apesar de poucos, estes detinham a forca de milhares. Por este meio e com o coração aberto declaro total empenho e dedicacao a SS.AA.RR. Viva o Sr. D. Duarte!! Viva o Rei!!

Rodrigo Ryder

Venho por este meio deixar a minha marca e saudação de Braga, a S.A.R. e demais familia.

VIVA S A R D. DUARTE VIVA PORTUGAL

Hélder  Lopes

Parabéns pelo site. Muito bem organizado e útil. Gostei em especial da agenda.

Carols Sousa

Neste dia 3 de Março, dia em que também a minha cidade, Penafiel, faz 240 anos de elevação a cidade, quero dar os parabens a S.A. a infanta D. Maria Francisca!!! Tenho apenas 15 anos, mas sou monarquico e espero ver em breve a monarquia restaurada em Portugal.

Pedro Daniel Rocha Moreira

Quero desejar votos de um feliz aniversário à infanta D.Maria Francisca e que esta data se repita por muitos e longos anos.

João Marques

Mil augurios con todo el corazon para S.A.la Infanta Dona Maria Francisca Isabel de Braganza. Deseo que se realizen todos sus deseos!!! Que Dios la protega y tambien a toda la Familia Real.

Renato Filippo Maria Campofreda dei Ruffo

À Infanta D. Francisca envio votos de muitos anos de vida, com muita saúde e felicidades, na companhia de toda a Família Real. Bem hajam.

Luís Manuel  Queiroz Valério

Altezas Reais,

Neste dia de aniversário de S. A. Real a Princesa Senhora D. Francisca, desejo as maiores felicidades a toda a Família Real e votos de um feliz aniversário!

Saudações monárquicas!

Viva o Rei!

Ana Margarida  León

O principal defeito atribuído à Monarquia é a impossibilidade de o povo eleger o Chefe de Estado. A questão é que, se analisarmos a popularidade dos Monarcas por essa Europa fora, facilmente se chega à conclusão que a sua popularidade é incomparavelmente superior à dos Presidentes das Repúblicas, logo são mais democráticos. Mais, é impossível que um PR seja independente dos partidos - pelo menos em Portugal. Um Monarca cresce e é educado para ser Chefe de Estado. É educado para ser imune a questões partidárias (a maior parte deles nem sequer vota) o que implica que nunca tomarão posições eleitoralistas que comprometem o país a médio ou longo prazo.

Quanto aos gastos, se considerarmos que, em 2005, a Monarquia Espanhola custou aos contribuintes 7 milhões de euros e que a Rep. Portuguesa nos custou 13 milhões, penso que está tudo dito.

Pedro João Dias Ferraz de Barcelos

Página no :   <<  1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84  >>
© Casa Real Portuguesa 1998-2015
w3c
Aviso Legal