XVI Congresso da Causa Real

 
 Realizou-se em Viseu, no Teatro Viriato, o Congresso da Causa Real, que pela primeira vez aliou um período reservado aos seus associados, com a apresentação do Relatório e Contas e a eleição de novos membros para a Direcção, em substituição de elementos que saíram por razões pessoais e profissionais e que passou a integrar os Dr. Sérgio Rau Silva, Dr. Miguel Esperança Pina e João Távora, a apresentação de moções e declarações sobre a estratégia da Causa Real e um período aberto a todos os monárquicos, com a realização de palestras e a discussão dos temas apresentados, que foram muito participadas pelas cerca de 160 pessoas presentes.

Foram oradores o Prof. Doutor Nuno Gonçalves da Cunha, sobre as razões da sua recente adesão ao ideal monárquico, Prof. Doutor José Adelino Maltês, sobre a Democracia e Monarquia, Dr. Carlos Bobone e João Távora, sobre a Violência política no advento da proclamação da República e Dr. Rui Monteiro, sobre a Esquerda e a Monarquia.

No segundo dia interveio o Dr. José Valle de Figueiredo, que falou sobre a Monarquia e o Municipalismo. Na sessão de encerramento, usaram da palavra o Presidente da Causa Real, Dr. Paulo Teixeira Pinto e Sua Alteza Real o Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança, que fez um apelo à intervenção dos monárquicos junto de todos os portugueses num trabalho no terreno para esclarecimento das virtualidades da Monarquia.

No fim do primeiro dia de trabalhos realizou-se uma marcha desde o Teatro Viriato até ao Rossio, com todos os participantes empunhando bandeiras nacionais azuis e brancas e distribuindo–as à população que assistiu à sua passagem, onde na Câmara Municipal  o seu Presidente, Dr. Fernando Ruas, recebeu em sessão solene Sua Alteza Real o Duque de Bragança, acompanhado de vários Vereadores.

No domingo, dia 20, Sua Alteza Real a Senhora Dona Isabel, Duquesa de Bragança, visitou a Confraria de Santo António, onde a convite da sua direcção foi admitida como confreira. A primeira confreira foi a Rainha Dona Amélia.
 
Seguiu-se um almoço na Casa da Ínsua, em Penalva do Castelo, presidido pelos Duques de Bragança, que reuniu duzentas pessoas.
 
 
Fonte: Real Associação de Lisboa
 
 

<<< voltar
© Casa Real Portuguesa 1998-2015
w3c
Aviso Legal