Duque de Bragança visita Timor Leste



Por ocasião da sua recente visita a Timor Leste, S.A.R., o Duque de Bragança, foi recebido pelo Presidente do Parlamento Nacional, Dr. Fernando La Sama Araújo, que lhe entregou oficialmente os documentos pelos quais o Parlamento lhe concede a nacionalidade timorense, incluindo um passaporte.

Posteriormente, a Srª Ministra dos Negócios Estrangeiros entregou a S.A.R. um passaporte diplomático.

Mais tarde, e na presença dos embaixadores de Portugal e do Brasil, S.E. o Presidente da República Timorense condecorou S.A.R. com a Ordem de Timor, referindo os inestimáveis serviços prestados ao Povo e à Nação Timorense durante largos anos como sendo o motivo para essa distinção.

O Senhor Dom Duarte retribuiu agraciando-o com a Grã-Cruz da Ordem da Imaculada Conceição de Vila Viçosa.


Vídeo

Durante esta viagem S.A.R., o Senhor Dom Duarte, foi acompanhado por S.E. o Embaixador Dr. Erik Hotung, de Hong-Kong, que, nesta mesma cerimónia, foi condecorado com a Ordem de Mérito pelas relevantes ajudas humanitárias dadas à Resistência Timorense durante os anos da ocupação indonésia e após a sua libertação.

Nessa noite, um grupo de amigos organizou um jantar de convívio com o Senhor Dom Duarte.

No fim-de-semana, o Senhor Duque de Bragança deslocou-se a Baucau para visitar o Senhor Bispo D. Basílio do Nascimento, amigo de há longa data, além de alguns outros amigos, e para tratar de assuntos referentes a Gráfica Diocesana de Baucau, cujos excelentes equipamentos foram oferecidos, há já alguns anos, pela Fundação Dom Manuel II com o apoio das Reais Associações.

Na missa celebrada na Catedral de Baucau, e na presença de S.A.R., o Senhor Bispo referiu-se aos laços que unem Timor à Coroa Portuguesa, saudando a presença do “Liurai de Portugal”.

Durante a sua estadia, o Senhor Duque de Bragança visitou o Senhor Primeiro Ministro Xanana Gusmão e o Senhor Bispo de Díli, D. Alberto Ricardo da Silva.

Nessa mesma noite foi convidado para um jantar particular com S.E. o Presidente da República, o Dr. Ramos Horta.

No ultimo dia da estadia foi recebido pela GNR estacionada em Timor, onde almoçou na companhia de um numeroso grupo de oficiais e demais militares.

A acção das forças policiais portuguesas tem sido muito apreciada pela população, que a ela recorre frequentemente.

O Senhor Dom Duarte ainda teve tempo de visitar a Escola Portuguesa de Díli, onde os alunos realizaram uma notável exibição de actividades artísticas e culturais. Esta escola atingiu uma excelente qualidade pedagógica seguindo o programa oficial português, e sendo reconhecida como a melhor escola de Timor.

Antes da visita a Timor, S.A.R. tinha estado em Macau onde teve a oportunidade de almoçar com um numeroso grupo de monárquicos e amigos no Clube Militar. Esta organização esteve a cargo do Prof. Dr. Luís Oliveira Dias

De Timor viajou até à Índia para assistir ao casamento do filho mais velho do Marajá de Wankaner, realizado em Mount Abu, no Rajastão. Estiveram presentes numerosas personalidades, incluindo quase todos os Rajás e Marajás do Norte da Índia e vários líderes de comunidades tradicionais, como os nómadas e pastores do Rajastão. Essas comunidades sofrem frequentemente de discriminação, mas os herdeiros dos Reis indianos que reinaram até à república, continuam a tratar todos de modo igual e por isso continuam a ser muito respeitados pelo povo.


<<< voltar
© Casa Real Portuguesa 1998-2015
w3c
Aviso Legal