Visita de S.A.R. o Duque de Bragança à Terra Santa

  
 
S.A.R. o Duque de Bragança acompanhou a visita de Sua Santidade o Papa Bento XVI à Terra Santa.

No dia 12 de Maio assistiu à Santa Missa no Vale de Hebron, junto ao Monte das Oliveiras, tendo em seguida almoçado com Sua Santidade o Papa, no Patriarcado Latino de Jerusalém.

 

No dia seguinte, integrado na Ordem do Santo Sepulcro, participou na Missa Papal, celebrada na explanada junto à Igreja da Natividade em Belém, na presença de milhares de palestinos. Durante a tarde realizou-se a Visita Papal a um acampamento de refugiados situado junto ao gigantesco muro que separa os dois territórios.

 

Belém fica no território do futuro Estado da Palestina, mas mesmo aí as deslocações da população são dificultadas pelos frequentes controlos de segurança do exército. Esse território que lhes foi destinado nos acordos assinados com Israel, encontra-se dividido por dezenas de colonatos israelitas, alguns ainda em construção, o que origina grandes problemas quanto à utilização das águas e à livre deslocação das populações. 

 

No dia 14, o Santo Padre celebrou missa para mais de 40 mil pessoas em Nazaré, cidade que é habitada maioritariamente por árabes cristãos com cidadania israelita.

A situação nesse fascinante e belo país é francamente surreal, e os apelos do Papa para que finalmente possam todos viver em paz e justiça foram muito bem recebidos pelas autoridades e pela maioria da população.

 

O Senhor Dom Duarte realizou visitas a várias instituições que se ocupam da cooperação agrícola de Israel com o estrangeiro. No Ministério da Agricultura, reuniu-se com os responsáveis de vários sectores para estabelecer as bases de um futuro acordo de cooperação, entre as organizações israelitas, a CONFAGRI - Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas de Portugal, a Fundação Dom Manuel II e a Diocese de Bissau.

 

A agricultura israelita, é provavelmente técnica e cientificamente a mais avançada do mundo e os seus responsáveis tem manifestado interesse em colaborar com Portugal. As nossas Cooperativas Agrícolas e individualmente os agricultores, deveriam visitar a Feira Agrícola de Telavive, que se realiza nos primeiros dias de Maio.

 

Os cursos de formação agrícola em Israel são frequentados por pessoas vindas de todo o mundo, inclusive do mundo árabe mas aparentemente não tem havido interesse da nossa parte em aproveitar essas oportunidades.

<<< voltar
© Casa Real Portuguesa 1998-2015
w3c
Aviso Legal